Dr. Arthur Vicentini

Câncer de tireoide em homens: como evitar?

Atualizado em 28/07/2021
Tempo de leitura: 3 min.
Ao Fundo Da Imagem, Há O Rosto E Pescoço De Um Homem.
Câncer De Tireoide Em Homens: Como Evitar? 2

Quando se trata de problemas na tireoide, sem dúvidas as alterações funcionais são as mais frequentes. O hipotireoidismo e o hipertireoidismo são, respectivamente, a diminuição e o aumento da produção e atividade dos hormônios tireoideanos.

No entanto, você sabia que essa glândula também pode ser afetada por tumores? A grande maioria deles é benigno, e só deve ser tratada quando exercem efeito compressivo ou apresentam grande aumento. Porém, alguns desses nódulos podem ter características de malignidade, caracterizando o câncer de tireoide.

Trata-se de uma doença que pode acometer pessoas de ambos os sexos, porém, é muito mais comum em mulheres, já que é nelas que os nódulos são mais prevalentes. Em homens, quando os nódulos surgem, existe uma chance um pouco maior que em mulheres de se tratarem de tumores malignos. Nós preparamos este artigo para falar um pouco mais sobre esse assunto e esclarecer suas dúvidas.

Continue lendo para entender ao certo o que é o câncer de tireoide, como ele pode diagnosticado e de que maneira é feito o tratamento dessa doença.

Sobre o câncer de tireoide

A tireoide é uma glândula que fica localizada na região anterior do pescoço, logo abaixo da laringe (a caixa da voz). Ela é responsável pela produção de hormônios que ajudam a regular o metabolismo, por isso, é muito importante para o bom funcionamento do corpo e a manutenção da saúde.

Mas como acontece com qualquer outro órgão, a tireoide também pode ser acometida por doenças. A formação de nódulos é muito comum, principalmente em mulheres, no entanto, a maioria desses nódulos se caracteriza como lesões benignas.

Porém, existem casos em que encontramos malignidade nestes nódulos, o que conhecemos como câncer de tireoide. E assim como todas as outras neoplasias do nosso organismo, o tratamento deve ser feito de forma adequada para evitar consequências mais graves.

Apesar de apresentarem menor incidência de nódulos que as mulheres, nos homens o achado de malignidade é um pouco mais comum, por isso a importância do acompanhamento médico para essa parcela da população.

Prevenção do câncer de tireoide em homens

Diferentemente de outros tumores que apresentam fatores de risco conhecidos, tais como tabagismo, uso de álcool, obesidade e falta de atividade física, os tumores de tireoide apresentam um único fator de risco mais bem estabelecido que é a exposição à radiação externa.

Os níveis de radiação para desenvolvimento de tumores de tireoide devem ser altos e, historicamente, aconteceram mais casos nas pessoas envolvidas nos acidentes nucleares (Chernobyl, Fukushima, Goiânia) e nas bombas atômicas (Hiroshima e Nagasaki). Também há maior risco nas pessoas que receberam radioterapia por conta de outros tumores da região cervical, principalmente durante a infância e juventude, por isso esses pacientes devem ser acompanhados de perto.

Portanto, o ideal é fazer o acompanhamento médico, com exames de controle quando indicados para observar como está a tireoide.

Tratamento do câncer de tireoide

Uma característica positiva do câncer de tireoide é o fato de que a maioria deles tem baixa agressividade e, portanto, evolução lenta. Se identificados precocemente, as taxas de cura com a cirurgia e, quando indicado, o uso de iodo radioativo, podem superar 90%.

Como dissemos acima, a principal forma de tratamento dos tumores de tireoide é a remoção cirúrgica, conhecida como tireoidectomia.

Atualmente, com todos os estudos científicos ao redor do mundo, aceita-se que, em casos selecionados, a realização de tireoidectomia parciais são efetivas.

Nos casos de tumores mais agressivos, realiza-se a tireoidectomia total e pode ser que seja necessário o tratamento complementar com iodo, conhecido como Radioiodoterapia.

Ao notar nódulos na região anterior do pescoço, procure a ajuda de um especialista em Cirurgia de Cabeça e Pescoço para que seja devidamente investigado e acompanhado, aumentando as chances de cura e as sequelas de eventuais tratamentos, tanto em homens quanto em mulheres!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze − 4 =

 | 21 / 09 / 21
Você sabe o que pode deixar a tireoide inflamada? Veja quais são as causas de diferentes tipos de tireoidite e os sintomas que eles provocam.
Ler Mais
 | 13 / 08 / 21
A glândula tireoide produz diversos hormônios, podendo apresentar alterações que chamamos de hipertireoidismo, hipotireoidismo e bócio. Veja como tratá-la.
Ler Mais
1 2 3 25
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.
Direitos Reservados 2021 Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya MKT