Câncer de laringe: o que é, causas e sintomas

A Laringe é um órgão que fica na região anterior do pescoço, perto da glândula tireoide e que apresenta uma anatomia bastante complexa. É composta por músculos, membranas e cartilagens.

Ela possui três funções principais, sendo elas proteger a via aérea para que nenhum alimento desça da boca para o pulmão, possibilitar a fala e permitir a respiração.

Ao falar de tumores de laringe, nós precisamos entender sobre a anatomia dela. Do ponto de vista anatômico, a laringe é dividida em três partes, e cada uma delas diferentes formas de apresentação, com fatores de risco e sintomas específicos.

Sintomas do câncer de laringe

Os sintomas do câncer de laringe são, basicamente, o impedimento de uma das três funções citadas acima.

Caso a pessoa tenha um tumor na corda vocal, por exemplo, a primeira alteração que pode aparecer é a da voz, ou seja, a pessoa pode ficar rouca, com a voz mais grossa, ter dificuldades para falar, etc. Quando esse tumor começa a crescer, ele pode obstruir as vias respiratórias, dificultando a respiração.

Existem casos onde é necessária a realização de uma traqueostomia, que serve como um canal alternativo para a passagem do ar, para manter o fluxo entre o ambiente e o pulmão. Dependendo do caso, a traqueostomia pode ser temporária, até que se faça a investigação e tratamento do problema que causou obstrução da via respiratória, ou pode ficar de forma definitiva.

Diagnóstico do câncer de laringe

A investigação é feita através de um bom histórico clínico, ou seja, avaliar se o paciente faz uso de cigarro e bebidas alcoólicas, entre outros fatores de risco, sintomas e doenças associadas. O exame físico também é bastante importante, para palpar a região do pescoço e verificar se existe alguma massa ou linfonodo aumentado.

Além disso, a laringoscopia também é indicada. Neste procedimento, o médico coloca uma câmera através da boca ou do nariz do paciente para enxergar as cordas vocais.

Com isso, é possível ver essa região através de um monitor de computador, e analisar o funcionamento e a mobilidade das cordas vocais, e se há algum tumor ou outras alterações.

Em situações de maior dúvida, é importante procurar um CIrurgião de Cabeça e Pescoço para discutir o assunto e fazer uma investigação completa.

dr arthur vicentini assinatura

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS

Os sintomas do câncer de laringe são, basicamente, o impedimento de uma das três funções citadas acima.

Caso a pessoa tenha um tumor na corda vocal, por exemplo, a primeira alteração que pode aparecer é a da voz, ou seja, a pessoa pode ficar rouca, com a voz mais grossa, ter dificuldades para falar, etc. Quando esse tumor começa a crescer, ele pode obstruir as vias respiratórias, dificultando a respiração.

Existem casos onde é necessária a realização de uma traqueostomia, que serve como um canal alternativo para a passagem do ar, para manter o fluxo entre o ambiente e o pulmão. Dependendo do caso, a traqueostomia pode ser temporária, até que se faça a investigação e tratamento do problema que causou obstrução da via respiratória, ou pode ficar de forma definitiva.

× Agende sua Consulta