Tumores que podem acometer as cordas vocais

A Laringe, popularmente conhecida como “caixa da voz”, é onde se encontram as cordas vocais. Anatomicamente, o nome correto é “pregas vocais”, mas o nome cordas vocais ficou consagrado pelo uso.

Causas de tumores nas cordas vocais

As cordas vocais ficam contidas dentro da laringe, numa região conhecida como glote. A laringe é um órgão localizado na região superior do pescoço, logo após a faringe. É por ela que passa o ar, no caminho entre o ambiente externo e os pulmões. Logo após a laringe, encontramos um órgão chamado de “traqueia”, onde encontramos alguns anéis de cartilagem e por onde o ar alcança os pulmões para que ocorram as trocas gasosas.

Neste trajeto, o ar passa entre as pregas vocais e as faz vibrar, causando a emissão dos sons da voz.

Por conta da passagem principalmente de toxinas relacionadas ao cigarro, os pacientes fumantes, pessoas que possuem contato com forno à lenha ou com outros produtos químicos podem desenvolver tumores da região da laringe.

O principal sítio de desenvolvimento dos tumores da Laringe é a glote, onde se localizam as cordas vocais, já que é ali onde se concentra boa parte das toxinas citadas acima, causando mutações das células, que podem levar ao surgimento do câncer.

Sintomas de tumores nesta região

Em geral, o paciente pode ter alterações da voz, problemas de obstrução respiratória, sangramento e dor.

dr arthur vicentini assinatura

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS

agsdi-whatsapp