Câncer de laringe: os sintomas que ajudam no diagnóstico

A laringe é um órgão que fica localizado no pescoço. Ela é constituída por músculos, cartilagens e membranas e fica entre a faringe e a traqueia. Sua função é proteger as vias aéreas inferiores, ou seja, brônquios e pulmões, além de possibilitar a respiração e, em serem humanos, foi adaptada para a emissão de sons, dando origem à fala.

Esse pequeno órgão é dividido em três partes: a supraglote, a glote e a subglote. As pregas vocais (conhecidas popularmente como “cordas vocais”) estão localizadas na glote e são estruturas delicadas, sendo o principal sítio de acometimento de tumores deste órgão. No entanto, as outras partes da laringe também estão suscetíveis ao surgimento da doença.

Como qualquer outro tipo de câncer, este que se desenvolve na laringe precisa de tratamento para que não provoque complicações maiores para a saúde do indivíduo. Entretanto, para iniciar essas intervenções é preciso que a doença seja devidamente diagnosticada.

Quanto mais precoce o diagnóstico, menores as chances de repercussões do tumor, menores as sequelas do tratamento associado e maiores são as chances de cura. Sendo assim, é fundamental conhecer os sintomas do câncer de laringe, pois eles contribuem de forma significativa para o diagnóstico precoce.

Você não sabe quais são eles? Então continue lendo para conhecer as principais manifestações do câncer que afeta a laringe.

Os principais sintomas do câncer de laringe

A maioria dos tumores malignos que se desenvolvem na laringe afeta a porção chamada glote, onde estão as cordas vocais. Por isso, alguns indivíduos desenvolvem, desde o início do quadro, sintomas como rouquidão e outras alterações da voz.

É preciso atenção quando essas alterações na voz são persistentes e não melhoram em duas semanas. Além disso, mesmo que em tempo menor, quando surgem alterações da voz associadas a falta de ar, dor intensa ou piora progressiva, deve-se suspeitar e procurar um Cirurgião de Cabeça e Pescoço para iniciar a investigação.

Essas alterações da voz são sintomas valorosos porque permitem identificar rapidamente os tumores que afetam a glote. Entretanto, quando em outras regiões da laringe, o sintoma de rouquidão pode surgir mais tardiamente, atrasando o diagnóstico e tratamento.

Outros sintomas do câncer de laringe

Como você viu, as alterações na voz e a rouquidão são sintomas característicos, principalmente, do câncer de laringe que afeta a glote, apesar de esse sintoma também ocorrer em outros tipos de tumor. Mas não é a única manifestação que pode ser percebida.

O câncer de laringe desencadeia ainda vários outros sintomas que podem ou não se manifestar de forma associada para indicar a necessidade de procurar um médico. Qualquer uma dessas manifestações precisa ser devidamente investigada para que seja possível obter um diagnóstico o mais cedo possível.

Os sintomas do câncer de laringe, além das alterações na voz de rouquidão, incluem:

  • tosse persistente;
  • dor durante a deglutição e fala;
  • dificuldade para engolir / engasgos;
  • perda de peso inexplicada;
  • dificuldade para respirar;
  • dor de ouvido sem outra causa aparente;
  • presença de uma massa ou nódulo no pescoço.

Lembrando que a intensidade desses sintomas também varia de acordo com o estágio da doença e a localização do tumor. Além disso, não é preciso se alarmar ao perceber qualquer um desses sinais, porque nem sempre isso significa que você está com câncer.

Os sintomas desencadeados por essa doença também podem ser registrados em outras condições clínicas e problemas. Portanto, o ideal é procurar um médico o mais rápido possível para passar por uma avaliação e descobrir o que está causando os incômodos.

O importante é que você não ignore os sinais que o seu corpo emite e procurar por um especialista em Cirurgia de Cabeça e Pescoço para fazer a investigação e propor o tratamento adequado.

dr arthur vicentini assinatura

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS

× Agende sua Consulta