Doença de Graves e hipertireoidismo são a mesma coisa?

O hipertireoidismo é uma doença bastante frequente na nossa população e nada mais é do que o aumento de produção de hormônios da tireoide, levando à aceleração do funcionamento do organismo.

Sintomas do hipertireoidismo

O excesso dos hormônios tireoidianos circulantes no sangue acaba deixando o nosso metabolismo acelerado e vários problemas podem acontecer, como, por exemplo:

– Aumento do hábito intestinal;
– Dificuldade para dormir;
– Hiperfagia (mais fome do que o normal);
– Excesso de calor;
– Taquicardia (aceleração do coração);
– Exoftalmia (olhos saltados).

Doença de Graves x Hipertireoidismo

A Doença de Graves é a causa mais comum de hipertireoidismo, porém, existem outras causas que não estão relacionadas com ela.

A doença de Graves é causada por alguns anticorpos que o nosso próprio sistema imunológico produz. Esses anticorpos simulam a ação de outro hormônio que estimula a tireoide e a célula da tireoide interpreta que precisa produzir mais hormônio, apesar de os níveis já estarem altos.

Com a produção excessiva dos hormônios, a tireoide pode aumentar de tamanho, às vezes ficando visível; pode comprimir as estruturas cervicais, gerando dificuldade para engolir, para respirar e para falar. Porém, em outras situações, a tireoide apenas aumenta de tamanho, não gerando sintomas compressivos.

Os mesmos anticorpos que levam à produção aumentada dos hormônios da tireoide também podem acometer algumas estruturas da órbita (cavidade onde os olhos estão encaixados). E essas estruturas podem inchar e deixar os olhos saltados por conta do volume. Essa causa é chamada de proptose ou exoftalmia.

Saiba que existem outras causas para o hipertireoidismo, porém, a doença de Graves é a mais comum.

dr arthur vicentini assinatura

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

2 Comentários

  1. Gil

    Boa tarde,
    Tenho um dos olhos saltados, minha tireoide(Hipertireoidismo) estar regulada… já faz um ano,
    E meu olho ainda continua pra frente.

    Existe um tratamento para o olho voltar ?

    Responder
    • Equipe Dr Arthur Vicentini

      Olá, Gil. Tudo bem? Os olhos saltados são um dos sintomas mais comuns da Doença de Graves, principal forma de hipertieoidismo.
      Na maioria dos casos leves, há regressão da protrusão dos olhos quando o hipertireoidismo está bem controlado e/ou é tratado de forma cirúrgica.
      O ideal é procurar atendimento especializado para avaliar necessidade de controle adequado e, caso necessário, procurar um oftalmologista para checar a questão da exoftalmia.

      Obrigado pela visita à nossa página e venha sempre conferir as novidades.

      Responder

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − 4 =

POSTS RELACIONADOS

× Agende sua Consulta