Dr. Arthur Vicentini

Quando é necessário realizar o Esvaziamento dos Linfonodos Cervicais?

Atualizado em 23/02/2022
Tempo de leitura: 4 min.

O esvaziamento cervical, procedimento em que retiram os linfonodos dessa região, é necessário nos quadros em que o câncer de cabeça e pescoço está (ou tem potencial de estar) em um estágio mais avançado, caracterizando um quadro de metástase. Os linfonodos e outras estruturas podem ser retiradas com o intuito de conter a progressão da doença.

Quando E Necessario Realizar O Esvaziamento Dos Linfonodos Cervicais Dr Arthur Vicentini Bg
Quando é necessário realizar o Esvaziamento dos Linfonodos Cervicais? 2

Atualmente, os diferentes tipos de câncer contam com os mais variados tratamentos que podem, inclusive, ser combinados para alcançar melhores resultados. Tudo depende da necessidade de cada paciente e da biologia do tumor em si. No caso do câncer de cabeça e pescoço, uma das alternativas de tratamento é o esvaziamento dos linfonodos cervicais

Esse é um procedimento cirúrgico considerado invasivo, entretanto, que apresenta bons resultados e poucos riscos de sequelas quando realizado de forma adequada, com indicação precisa e por um Cirurgião de Cabeça e Pescoço bem preparado. Mas em quais situações é preciso fazer o esvaziamento cervical?

Preparamos este artigo para falar um pouco mais sobre o assunto, apresentar as indicações do esvaziamento dos linfonodos cervicais entre outras informações. Acompanhe!

  • O que é o esvaziamento dos linfonodos cervicais?
  • Quais são suas indicações?
  • Por que o esvaziamento não é realizado em todos os casos?

O que é o Esvaziamento dos Linfonodos Cervicais? 

Quando o assunto é o tratamento do câncer o tema é bastante delicado. Isso porque a equipe médica precisa, ao mesmo tempo, fazer aquilo que for preciso para evitar a progressão da doença e preservar ao máximo órgãos e tecidos para que o paciente tenha uma boa saúde e qualidade de vida. 

Sendo assim, precisamos adequar o tratamento a cada caso, sendo que a melhor estratégia é aquela que traz menores sequelas com maior controle oncológico ao caso, sendo o menos invasiva possível, mas primando por reduzir as chances de recidiva e progressão da doença , aumentando as chances efetivas de cura.

Em muitos casos, é preciso a realização de uma técnica mais extensa e invasiva para fazer o controle da doença. Esse é o caso da indicação do esvaziamento dos linfonodos cervicais, um tratamento destinado ao diagnóstico e controle e das metástases do câncer que alcançam os linfonodos que fazem a drenagem da região da cabeça e do pescoço. 

O intuito é evitar a progressão da doença, proporcionar a cura ou, pelo menos, mais qualidade de vida para o paciente.

Quais são as indicações do Esvaziamento Cervical? 

Como explicamos, o esvaziamento cervical é um procedimento cirúrgico invasivo, por isso, ele é considerado especialmente para os casos de câncer de cabeça e pescoço em estágio mais avançado ou em que possa ter havido disseminação da doença para os linfonodos.

Os linfonodos são retirados em bloco, juntamente com componente adiposo (gordura) e outros tecidos moles, tais como músculos, vasos sanguíneos, nervos, fáscias e etc., de acordo com a necessidade identificada pelo Cirurgião de Cabeça e Pescoço. Assim, ele faz a remoção de determinados grupos de linfonodos conforme a drenagem linfática ou por onde a doença já se espalhou. 

Também existem situações em que, além dos linfonodos, é preciso fazer a retirada de outras estruturas da região da cabeça e pescoço, como é o caso da veia jugular, do nervo acessório, da glândula submandibular, tecido muscular, e outros, como citado acima. 

A extensão da cirurgia vai depender daquilo que o Cirurgião de Cabeça e Pescoço julgar necessário. Muitas vezes, as decisões são tomadas durante a cirurgia conforme aquilo que for encontrado nas estruturas que estão sendo manipuladas.

Portanto, o esvaziamento cervical que inclui a remoção de outros tecidos do paciente é indicado para os quadros de neoplasias malignas com potencial de disseminação através de metástases, o que geralmente inclui os seguintes casos:

  • tumores de boca;
  • tumores de orofaringe, rinofaringe e hipofaringe;
  • tumores de laringe (a “caixa da voz”);
  • tumores de glândulas salivares maiores ou menores;
  • tumores de glândula tireoide;
  • tumores de pele.

Por que o Esvaziamento não é realizado em todos os casos? 

O principal motivo para não-realização do esvaziamento dos linfonodos cervicais em todos os casos de câncer de cabeça e pescoço é a possibilidade de controle oncológico sem que seja realizado este procedimento. Nos casos de tumores mais iniciais e/ou menos agressivos, ou quando o risco de realização do procedimento torna-se impeditivo por conta da presença de estruturas nobres, opta-se por não realizar a cirurgia e programa-se outras formas de tratamento, tais como radio, quimio e/ou imunoterapia.

Esse tratamento pode trazer sequelas significativas para aspectos funcionais e também a estética do paciente. Sendo assim, os especialistas dão preferência para outros procedimentos quando eles são possíveis, a fim de evitar os riscos e as possíveis sequelas. 

Entretanto, não podemos esquecer que o esvaziamento dos linfonodos cervicais é um procedimento muito importante que pode ajudar a salvar a vida da pessoa. Se ele for necessário, o ideal é a realização por um Cirurgião de Cabeça e Pescoço experiente, a fim de planejar muito bem a cirurgia, remover apenas os tecidos necessários e minimizar ao máximo o risco de complicações e sequelas.  

Dr Arthur Vicentini | Dr. Arthur Vicentini CRM 154.086
Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz
CRM-SP 15.4086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
+ Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − 5 =

Quando falamos a respeito de cirurgia de cabeça e pescoço, estamos falando de tumores malignos e de várias regiões e tipos diferentes de tumor. Neste post, iremos falar sobre seus sintomas e como fazer o diagnóstico precoce. Confira!
Ler Mais
Para evitar qualquer complicação durante o processo da cirurgia de tireoide, é necessário seguir a risca as orientações médicas do pré-operatório. Venha conferir quais são elas!
Ler Mais
1 2 3 12
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Direitos Reservados 2022 | Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Site atualizado às 12:03 | 23/02/2022
magnifiercross