Dr. Arthur Vicentini

O que pode causar Câncer de Garganta e como evitar?

Atualizado em 14/06/2022
Tempo de leitura: 3 min.

O câncer de garganta é provocado em especial pelo tabagismo, mas o risco é intensificado quando o cigarro é combinado com o consumo excessivo de bebidas alcoólicas. Ele também pode ser provocado pelo HPV e pela exposição a determinados resíduos e partículas em suspensão no ar.

O Que Pode Causar Cancer De Garganta E Como Evitar Dr Arthur Vicentini Bg
O Que Pode Causar Câncer De Garganta E Como Evitar? 2

A garganta, nome popular dado ao órgão chamado faringe, faz parte do trato digestivo e do trato respiratório.

O câncer de garganta é aquele que se desenvolve nas estruturas que estão localizadas nessa região do pescoço. Costuma ser mais comum em pessoas a partir dos 50 anos de idade, porém, pode ocorrer em qualquer faixa etária, tanto em homens quanto em mulheres.

Este é um tipo de câncer bastante frequente em nossa especialidade, pelo fato de haver fatores de risco muito comuns na população, em geral. Então, pensando nisso, preparamos este artigo para explicar quais são os fatores de risco para o desenvolvimento de câncer de garganta e apresentar algumas medidas que ajudam a evitar a doença. Continue lendo e veja como cuidar bem da sua saúde!

Quais são as principais causas do Câncer de Garganta?

Como dissemos, a faringe faz parte dos sistemas respiratório e digestivo. Portanto, substâncias nocivas que tenham contato com esta região podem trazer consequências negativas. A seguir, você confere os principais fatores que podem aumentar o risco de desenvolver câncer de garganta.

Tabagismo

Pessoas fumantes têm um risco aumentado de desenvolver diferentes tipos de câncer de cabeça e pescoço, incluindo o câncer de garganta. Isso acontece porque essa região têm um contato mais intenso com as toxinas presentes no cigarro.

As substâncias que constam nele provocam alterações nas células, causando danos ao seu DNA. Com isso, precisam se multiplicar com mais intensidade, o que pode provocar mutações e levar a alterações que podem causar o câncer.

Vale a pena lembrar que outras formas de fumo são tão perigosas ou mais do que o próprio cigarro convencional. Cigarros eletrônicos, narguiles, charutos, cigarros de palha, cachimbos e etc também causam enormes riscos e prejuízos à saúde.

Consumo de bebidas alcoólicas

O consumo excessivo de bebidas alcoólicas também danifica as células da região da garganta, provocando um efeito similar àquele causado pelo tabaco. O risco é ainda maior quando a pessoa combina as bebidas alcoólicas com o tabagismo, já que o álcool tem o potencial de intensificar os efeitos negativos das toxinas presentes no cigarro.

Infecção por HPV

O vírus causador do HPV também pode favorecer a manifestação do câncer de garganta, principalmente na região conhecida como orofaringe, onde se localizam as amígdalas, a base da língua e outras estruturas com componente linfático. Esse agente patogênico provoca lesões que podem evoluir para malignidade se não receberem tratamento adequado. 

Higiene bucal precária

Você sabia que até mesmo o descuido com a higiene bucal pode favorecer a manifestação do câncer de garganta? Isso porque, quando os dentes não são higienizados corretamente e numa frequência adequada, as bactérias se proliferam em excesso alterando o PH da cavidade bucal e provocando doenças bucais, o que contribui para a formação do câncer.

Existem ainda outros fatores que podem desencadear o câncer na região da garganta, por exemplo:

  • Uma alimentação pouco saudável;
  • A exposição a determinados resíduos e partículas relacionados a construção civil e atividade industrial;
  • Síndromes genéticas;
  • Características individuais, como gênero e idade.

Como prevenir o Câncer de Garganta/Faringe?

A principal forma de fazer a prevenção do câncer de garganta é evitando o cigarro e o excesso de bebidas alcoólicas.

Pessoas fumantes, como você viu, têm mais risco de desenvolver essa doença do que aqueles não fumantes, além da suscetibilidade maior para outros tipos de câncer em diferentes partes do organismo.

Outra medida importante é moderar o consumo de bebidas alcoólicas, em especial quando combinadas com tabaco. Também prefira adotar hábitos mais saudáveis por meio de uma alimentação nutritiva e balanceada, assim como a prática de exercícios físicos e boa hidratação, que ajudam a equilibrar a saúde do corpo todo.

O uso de equipamentos de proteção individual é muito importante quando o profissional fica exposto ao pó de madeira, produtos químicos relacionados a plásticos, têxteis, petróleo e metalurgia.

Tomar a vacina contra o HPV e manter relações sexuais orais seguras é muito importante para evitar a infecção pelo vírus. E ainda, é essencial observar os sintomas do câncer de garganta, que incluem:

  • Tosse frequente;
  • Dificuldade para respirar ou engolir;
  • Alterações na voz;
  • Inchaço na região do pescoço;
  • Formação de nódulos no pescoço;
  • Ronco ou ruído na hora de respirar;
  • Dor de ouvido ou dor de garganta frequente;
  • Engasgos;
  • Sangramentos.

Caso perceba algumas alterações como essas, procure de imediato o Cirurgião de Cabeça e Pescoço. Assim poderá realizar exames e obter um diagnóstico preciso.

Dr Arthur Vicentini | Dr. Arthur Vicentini CRM 154.086
Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz
CRM-SP 15.4086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
+ Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × quatro =

 | 02 / 02 / 22
O linfoma é um tipo de câncer que acomete o sangue e o sistema linfático. Entenda melhor essa doença e confira de que maneira ela pode ser tratada.
Ler Mais
 | 10 / 11 / 21
A formação de um “caroço na garganta” pode ter origem em diversos fatores. Entenda quais são as condições clínicas que podem levar a esse sintoma.
Ler Mais
1 2 3 8
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Direitos Reservados 2022 | Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Site atualizado às 17:42 | 14/06/2022
magnifiercross