Dr. Arthur Vicentini

Hipotireoidismo: conheça 5 sinais de alerta e o tratamento indicado

Atualizado em: 10/10/2023
Tempo de leitura: 3 minutos
O hipotireoidismo é uma condição complexa que afeta as funções da glândula tireoide, importantes para o metabolismo, crescimento e temperatura corporal. Compreender o que é o hipotireoidismo e os sintomas que podem surgir é crucial para um diagnóstico precoce. Clique aqui e tire suas dúvidas!
Sumário
Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se
Hipotireoidismo Conheca 5 Sinais De Alerta E O Tratamento Indicado Blog
Hipotireoidismo: Conheça 5 Sinais De Alerta E O Tratamento Indicado 2

A tireoide, uma pequena glândula localizada na base do pescoço, é essencial para o funcionamento saudável do organismo. 

Sua função primordial é a produção de hormônios com iodo em sua composição, como a tiroxina (T4) e a triiodotironina (T3), que desempenham um papel fundamental na regulação do metabolismo, controle de temperatura corporal e influência no crescimento e desenvolvimento. 

No entanto, alterações nessa produção hormonal podem ocorrer. Quando a tireoide produz hormônios em excesso, há o hiper­tireoidismo, que leva a uma aceleração do metabolismo e sintomas como ansiedade e perda de peso não intencional, aceleração do coração com arritmias cardíacas, alteração do hábito intestinal, tremores e etc.

Por outro lado, o hipotireoidismo ocorre quando a tireoide produz quantidades insuficientes de hormônios, resultando em um metabolismo lento, fadiga, ganho de peso e outros sintomas. 

Neste artigo, vamos explorar o hipotireoidismo, incluindo o que é essa condição, quais são os 5 principais sinais de alerta e como é realizado o tratamento. Leia até o final e saiba mais!

O que é o hipotireoidismo?

O hipotireoidismo é uma condição em que a glândula tireoide não produz hormônios tireoidianos em quantidade suficiente para atender às necessidades do corpo. 

As causas do hipotireoidismo podem variar e incluir distúrbios autoimunes, tratamentos médicos como cirurgia ou radiação, deficiências nutricionais, medicamentos e problemas congênitos da tireoide. 

Independentemente da causa, o resultado é uma diminuição da produção e ação de hormônios tireoidianos, levando a uma série de sintomas e impactos na saúde.

Quais são os sinais de alerta do hipotireoidismo?

Fadiga

A fadiga persistente e inexplicável é um dos sintomas mais comuns do hipotireoidismo. Mesmo após uma boa noite de sono, as pessoas com hipotireoidismo frequentemente se sentem cansadas e sem energia.

Ganho de peso

O hipotireoidismo pode diminuir o metabolismo, resultando em ganho de peso, mesmo quando a dieta e o exercício não mudam significativamente. No geral, o aumento de peso não é muito expressivo, mas o relato é bastante frequente em nossos pacientes.

Pele seca e cabelo frágil

A pele pode ficar áspera e seca, e o cabelo pode se tornar quebradiço e fino. Unhas frágeis também são comuns no hipotireoidismo.

Intolerância ao frio

Pessoas com hipotireoidismo podem sentir mais frio do que o normal, mesmo em temperaturas moderadas. Isso ocorre devido à diminuição da capacidade do corpo de regular a temperatura.

Depressão e mudanças de humor

O hipotireoidismo pode afetar o equilíbrio químico do cérebro, levando a sintomas semelhantes à depressão, ansiedade e mudanças de humor.

Outros sinais incluem prisão de ventre, dores musculares, problemas de memória e concentração, entre outros. É importante notar que os sintomas podem variar de pessoa para pessoa e podem se desenvolver gradualmente ao longo do tempo, tornando o diagnóstico complexo.

Como é o tratamento do hipotireoidismo?

O tratamento do hipotireoidismo é baseado na reposição dos hormônios tireoideanos que o corpo não está produzindo adequadamente. 

O medicamento mais comumente prescrito para tratar o hipotireoidismo é a levotiroxina (hormônio T4 sintético). O Cirurgião de Cabeça e Pescoço ou Endocrinologista ajustará a dose de acordo com os níveis hormonais do paciente, monitorados por exames de sangue regulares.

É importante lembrar que o tratamento do hipotireoidismo é geralmente vitalício. Os pacientes precisam tomar a medicação continuamente, seguindo rigorosamente as orientações médicas, para manter os níveis hormonais em equilíbrio e aliviar os sintomas.

Além da medicação, é importante adotar um estilo de vida saudável, incluindo uma dieta equilibrada e exercícios regulares, para ajudar a manter um peso saudável e minimizar os sintomas relacionados ao hipotireoidismo.

O hipotireoidismo é uma condição médica comum e tem um impacto significativo na saúde e na qualidade de vida. Conhecer os sinais de alerta é fundamental para buscar tratamento precocemente.

Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz

CRM-SP 154.086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Nódulos da parótida: quais são os sinais de alerta?

Descubra as origens, sinais de alerta e as indicações de cirurgia dos nódulos na parótida. Informe-se para entender mais sobre essa glândula. Saiba mais!
Saiba Mais

Nódulos de Tireoide são sempre malignos?

Descubra sobre os nódulos na tireoide: o que são, sintomas e como avaliar. Informações essenciais para a saúde da sua glândula tireoide.
Saiba Mais

Alterações na voz e reabilitação vocal

Descubra a tireoplastia e outras técnicas para reabilitação vocal. Melhore sua qualidade de vida e comunicação. Saiba mais agora!
Saiba Mais
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz – CRM 154.086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Atualizado em: 
16:05 | 19/02/2024
magnifiercross