Dr. Arthur Vicentini

É possível fazer o autoexame da tireoide?

Atualizado em: 01/12/2022
Tempo de leitura: 2 minutos
Sumário
Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Algumas alterações aparentes podem ser notadas no pescoço, podendo indicar algum problema na tireoide, e é possível identificar algumas dessas alterações realizando o autoexame da tireoide em casa, seguindo alguns passos.

Neste post, iremos explicar o passo a passo de como realizar o autoexame de tireoide, e assim identificar possíveis nódulos.

Localizando a Tireoide

A tireoide é um órgão que parece uma borboleta, ele fica encaixado perto da caixa da voz da laringe e embaixo da traquéia, que é o tubo por onde o ar passa para chegar aos pulmões. Olhando de fora, é mais fácil visualizar no homem, pois o gogó, ou pomo de adão, nada mais é do que uma pontinha, uma proeminência da cartilagem da tireóide, e a glândula da tireoide fica logo a baixo.

Como fazer o autoexame

Basicamente, o autoexame de tireoide deve ser feito com alguns passos diferentes.

Observação

O primeiro passo é a observação em si, então, na frente de um espelho, você pode olhar para o pescoço, de forma estática, e visualizar se tem algum carocinho, alguma massa, alguma coisa nesse sentido.

Engolindo

No segundo passo, com o auxílio de um copo de água ou mesmo com a saliva, com o pescoço não muito esticado, na posição habitual, você pode tomar um gole de água, ou engolir bem forte a saliva, e observar se tem alguma movimentação, se tem algum carocinho, alguma coisa que possa trazer alterações na visualização dessa região.

Palpação

Ainda de forma estática e de forma dinâmica, engolindo saliva ou água, com a mão invertida, a mão direita pode palpar o lado esquerdo do pescoço, e depois com a mão esquerda palpar o lado direito. É importante tomar cuidado para não se engastar nessa hora, porque apertando pode incomodar um pouquinho mais, mas observar se tem o surgimento de alguma massa, algum caroço, algum nódulo, algo que se movimente ali e que possa ser anormal.

Se você encontrar alguma dessas alterações, é importante procurar um médico especialista, um cirurgião de cabeça e pescoço, para que ele possa fazer uma avaliação mais completa, às vezes até pedindo exames complementares para finalizar o diagnóstico, e pensar em um tratamento caso seja necessário.

Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz

CRM-SP 154.086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distúrbios da tireoide e como identificá-los

Descubra como os distúrbios da tireoide, como o hipotireoidismo e o hipertireoidismo, podem afetar sua qualidade de vida. Saiba mais sobre os sintomas, diagnóstico e tratamento.
Saiba Mais

Rouquidão: o que causa e sintomas de alerta

Descubra a importância da fisiologia vocal e os fatores que podem afetá-la. Desde a vibração das cordas vocais até as causas da rouquidão, mergulhe nesse universo complexo e entenda os sinais de alerta que demandam atenção especial.
Saiba Mais

Nódulos da Tireoide: diagnóstico e opções de tratamento

Nódulos da tireoide: conheça causas, sintomas e tratamentos. Saiba identificar os sinais precoces de problemas na tireoide. Clique aqui!
Saiba Mais
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz – CRM 154.086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Atualizado em: 
15:55 | 23/05/2024
magnifiercross