Dr. Arthur Vicentini

Tireoidites: quais as causas?

Atualizado em 08/10/2021
Tempo de leitura: 3 min.

A tireoidite é um tipo de inflamação que acomete a glândula tireoide. Existem diversos fatores que podem desencadear esse processo inflamatório, por isso, há também vários tipos de tireoidite, provocadas, por exemplo, por reações autoimunes, infecções virais, alguns medicamentos e até traumas locais.

A Imagem Mostra Uma Mulher Tocando A Garganta E Há Uma Ilustração Da Garganta Há Frente, Em Vermelho.
Tireoidites: Quais As Causas? 2

Você sabia que existem diversos fatores que podem deixar a tireoide inflamada? Quando essa glândula é acometida por inflamações, ocorre um quadro que chamamos de tireoidite. A principal causa de tireoidites no mundo é o acometimento por anticorpos, conhecidos como reações autoimunes.

No entanto, a tireoidite também pode ser desencadeada por microorganismos, como vírus, bactérias, fungos e etc. Até mesmo alguns tipos de medicamento podem provocar uma intoxicação que deixa a tireoide inflamada. 

Neste post, apresentamos diferentes tipos de tireoidite para que você possa conhecer as causas de cada uma delas, além de outras características desses quadros clínicos. Continue lendo para saber mais!

Tireoidite de Hashimoto

Essa inflamação é um tipo crônico de tireoidite, ocorre porque alguns anticorpos do nosso sistema imunológico atacam as células da tireoide, ou seja, consiste em uma doença autoimune. Ela provoca alterações no funcionamento da glândula, afetando a produção de hormônios. 

Embora possa surgir em qualquer momento da vida e também em homens, esse tipo de tireoidite ocorre com mais frequência em mulheres entre 30 e 50 anos de idade. A redução de volume da glândula também costuma ser observada a médio/longo prazo.

Tireoidite de De Quervain

Pode ocorrer um quadro de inflamação tireoideana em consequência de infecção por vírus, como o da caxumba, adenovírus, influenza e ecovírus. O processo inflamatório, nesse caso, ocorre de uma forma intensa, provocando a destruição das células da tireoide e liberação de grandes quantidades de hormônio na circulação, num primeiro momento. 

Esse tipo de tireoidite é mais comum em mulheres entre 30 e 50 anos e pode provocar um aumento transitório do volume da tireoide, além de sintomas característicos de infecção nas vias respiratórias. Alguns dos sinais típicos da tireoidite de De Quervain são:

  • dor na região cervical anterior;
  • dor na mandíbula e ouvidos;
  • dor de garganta;
  • dificuldade para engolir;
  • tosse;
  • produção de secreção;
  • taquicardia
  • vermelhidão no pescoço.

Tireoidite pós-parto

As mulheres também podem ficar com a tireoide inflamada dentro de um período de até 12 meses depois do nascimento do bebê. Essa inflamação tem origem autoimune e ocorre com mais frequência nas mulheres que já apresentam outros problemas imunológicos prévios à gestação ou são portadoras do diabetes tipo 1. 

O quadro se manifesta porque o sistema imunológico da mulher sofre alterações para evitar a rejeição ao bebê durante seu crescimento intrauterino. No entanto, nem sempre é necessário realizar um tratamento específico porque a tendência é de que o quadro se normalize entre 6 e 12 meses, podendo retornar ao funcionamento normal da tireoide.

Tireoidite de Riedel

As causas desse tipo de tireoidite também são autoimunes. Ela é uma manifestação mais rara de tireoide. Consiste em um problema crônico que evolui de forma lenta provocando lesões e tecido fibroso na tireoide. Com o tempo, esta alteração pode desencadear o hipotireoidismo. 

Em quadros como esse, a pessoa percebe uma sensação de peso no pescoço, mas sem a ocorrência de dor. Há sensação de sufocamento, rouquidão, dificuldade para engolir e falta de ar. Tudo isso porque essa condição leva a um aumento da tireoide e endurecimento da mesma.

Como os quadros de inflamação na tireoide podem ter diversas apresentações e causas distintas, esse problema também pode ser agudo ou crônico. Na forma aguda o processo inflamatório evolui mais rápido, e no caso da crônica essa inflamação se agrava de forma lenta e gradual, como acontece com pessoas portadoras de doenças autoimunes. 

A tendência é de que os sintomas decorrentes da tireoidite se intensifiquem com o passar do tempo, se ela não for tratada de maneira adequada.

Por existirem diferentes causas, o tratamento das tireoidites varia de pessoa para pessoa. É preciso identificar aquilo que está provocando inflamação, para definir qual o melhor medicamento para conter o avanço do problema, além de tratar possíveis complicações e consequências que tenham se instalado.

Dr Arthur Vicentini | Dr. Arthur Vicentini CRM 154.086
Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz
CRM-SP 15.4086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
+ Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + dezenove =

 | 14 / 10 / 21
A tireoglobulina é uma molécula produzida pelas células da glândula tireoide. Saiba quando o exame é indicado.
Ler Mais
A maioria absoluta dos nódulos tireoideanos é benigna, mas também pode ser maligna. Saiba como identificar isso.
Ler Mais
1 2 3 27
hello world!
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.
Direitos Reservados 2021 Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya MKT
magnifiercross