Dr. Arthur Vicentini

Sabia que a vacina contra HPV pode prevenir câncer de orofaringe?

Atualizado em: 30/04/2024
Tempo de leitura: 4 minutos
O HPV é um vírus que também pode se alojar na região da garganta e provocar o câncer de orofaringe. Entretanto, a vacina contra esse vírus é uma forma muito eficaz de prevenir também esse tipo de tumor maligno.
Sumário
Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se
Sabia Que A Vacina Contra Hpv Pode Prevenir Cancer De Orofaringe Blog
Sabia Que A Vacina Contra Hpv Pode Prevenir Câncer De Orofaringe?

Há muito tempo já é conhecida a relação entre o vírus HPV e o câncer de colo de útero. Essa relação é bastante conhecida dos profissionais de saúde e do público em geral, tendo sido ampliada, inclusive, devido à campanha de vacinação de meninos e meninas para evitar a disseminação do vírus.

Entretanto, o que nem todo mundo sabe é que o HPV também tem uma relação direta com o câncer de orofaringe. Sendo assim, a vacinação contra esse vírus é uma forma de prevenir mais esse tipo de câncer.

Neste artigo você vai saber mais detalhes sobre a vacina contra o HPV, a relação que o vírus tem com o câncer de orofaringe e como a vacina pode promover a proteção contra esse tipo de câncer. Continue lendo!

O que é a vacina contra o HPV?

A vacina contra o HPV é um tipo de imunizante que fortalece as defesas do organismo antes que ele tenha contato com o vírus de fato. Assim, é possível fortalecer essas defesas para que elas estejam prontas para combater o patógeno se houver a transmissão.

Essa vacina foi desenvolvida na Austrália em 2006 e faz parte do programa de imunização de mais de 50 países ao redor do mundo. No Brasil, ela é produzida pelo Butantã em parceria com a MSD, e desde o ano de 2014 está disponível de forma gratuita no Sistema Único de Saúde (SUS) para meninas e meninos com idade entre 9 e 14 anos.

O objetivo da imunização contra o HPV nessa faixa etária é o fato de que ocorra antes do início da vida sexual. Assim, é possível criar as barreiras de defesa no organismo desses jovens para que seja feito um controle da disseminação do vírus, evitando, principalmente, novos casos de câncer de colo de útero, também trazendo benefício quanto ao câncer de orofaringe.

Apesar da sua grande importância e eficiência, essa vacina ainda não conta com a adesão total da população. Mas é importante combater a desinformação, já que a vacina contra o HPV é eficaz e segura, inclusive, podendo ser administrada em indivíduos imunossuprimidos.

Hoje, ela é uma das principais formas de prevenção do câncer de colo de útero, mas já se sabe que também ajuda a prevenir o câncer de orofaringe, como você verá logo em seguida.

Qual é a relação entre HPV e câncer de orofaringe?

Existem mais de 150 tipos de HPV, mas nem todos eles oferecem riscos significativos para a saúde das pessoas. Na verdade, apenas 13 tipos de HPV são considerados como de alto risco, ou seja, têm o potencial de desencadear infecções, e alguns subtipos ainda levam ao desenvolvimento do câncer de colo de útero e do câncer de pênis.

A principal via de transmissão do HPV é a genital, porém não é a única. Não é preciso que aconteça o contato genital-genital, uma vez que o vírus pode ser transmitido também através do sexo oral desprotegido.

Nesse último caso, o vírus pode desencadear doenças no trato aerodigestivo alto, inclusive o câncer de orofaringe.

No caso das mulheres que foram infectadas pelos tipos 16 e 18 e que desenvolveram o câncer de colo de útero, há 20 vezes mais chances de desenvolver o câncer de orofaringe de forma secundária.

No caso dos homens, esse risco também é aumentado, pois aqueles que tiveram um quadro de câncer de pênis associado ao HPV apresentam uma chance 18 vezes maior de ter o câncer de orofaringe em um segundo momento.

Como a vacina contra HPV pode prevenir o câncer de orofaringe?

Conforme explicamos, a vacina contra o HPV prepara as defesas do organismo para combater esse vírus caso ele seja transmitido para o indivíduo. Assim, o vírus é destruído e não causa infecção, em si, prevenindo também a transmissão futura para outras pessoas. Há uma interrupção do ciclo, e é por isso que ela apresenta uma grande eficácia populacional para fazer a prevenção também do câncer de orofaringe.

Se a pessoa tiver recebido o imunizante, seu organismo saberá como reagir ao HPV e a infecção não vai se instalar, evitando assim o câncer de colo de útero, de vulva, de pênis, de região anal e também o de orofaringe.

É interessante saber que mesmo quem não recebeu a vacina durante a adolescência pode ser imunizado posteriormente, e que a eficácia da vacinação será semelhante. Aliás, é possível fazer a prevenção do câncer de orofaringe por meio da administração do imunizante, ainda que uma pessoa já tenha sido diagnosticada com HPV e até em pacientes que já tiveram o câncer relacionado ao HPV.

Por isso é importante se consultar com o médico de confiança (sugerimos sempre ter um bom infectologista de referência, nesses casos) e pedir a indicação da vacina, pois, embora ela não esteja disponível para adultos no sistema público, pode ser obtida em clínicas particulares.

Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz

CRM-SP 154.086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distúrbios da tireoide e como identificá-los

Descubra como os distúrbios da tireoide, como o hipotireoidismo e o hipertireoidismo, podem afetar sua qualidade de vida. Saiba mais sobre os sintomas, diagnóstico e tratamento.
Saiba Mais

Rouquidão: o que causa e sintomas de alerta

Descubra a importância da fisiologia vocal e os fatores que podem afetá-la. Desde a vibração das cordas vocais até as causas da rouquidão, mergulhe nesse universo complexo e entenda os sinais de alerta que demandam atenção especial.
Saiba Mais

Nódulos da Tireoide: diagnóstico e opções de tratamento

Nódulos da tireoide: conheça causas, sintomas e tratamentos. Saiba identificar os sinais precoces de problemas na tireoide. Clique aqui!
Saiba Mais
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz – CRM 154.086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Atualizado em: 
15:55 | 23/05/2024
magnifiercross