Dr. Arthur Vicentini

Quando é necessário operar as Glândulas Submandibulares?

Atualizado em 17/02/2022
Tempo de leitura: 3 min.

A cirurgia de glândula submandibular pode ser necessária em casos de obstrução dos ductos salivares, de inflamações, formação de nódulos benignos ou tumores malignos, mas apenas o Cirurgião de Cabeça e Pescoço é que pode definir quando esse tipo de tratamento é a melhor opção.

Quando E Necessario Operar As Glandulas Submandibulares Dr Arthur Vicentini Bg
Quando É Necessário Operar As Glândulas Submandibulares? 2

As glândulas submandibulares fazem parte do conjunto de glândulas salivares maiores. Elas ficam localizadas logo abaixo da mandíbula (o osso que faz o contorno inferior da face) e, assim como as demais, têm a função de produzir e excretar saliva na cavidade oral. 

Quando essas estruturas desenvolvem algum tipo de problema pode ser necessário fazer um tratamento cirúrgico, mas isso não acontece em todos os casos. Sendo assim, como saber quando é preciso operar as glândulas submandibulares? 

Neste artigo explicamos em quais situações a técnica cirúrgica é necessária para tratar essas glândulas, além de mostrar quais são os possíveis riscos que a cirurgia pode oferecer para que você entenda a importância de fazer o tratamento com um cirurgião de cabeça e pescoço experiente. Continue lendo!

Indicações da Cirurgia de Glândulas Submandibulares 

A formação de um nódulo ou de um inchaço na região da glândula salivar submandibular muitas vezes pode gerar preocupação no paciente. Entretanto, sintomas como esse podem indicar um quadro clínico de menor gravidade, como processos inflamatórios autolimitados.

Também pode ocorrer a obstrução devido a cálculos. Pequenas pedras podem se formar nas glândulas salivares e impedir a passagem da saliva pelos canais de drenagem. Um problema como esse nem sempre requer uma intervenção cirúrgica, pois existe a possibilidade de fazer a remoção do cálculo de uma forma menos invasiva.

Porém, há situações em que a cirurgia é de fato necessária. A seguir você pode conferir algumas das indicações da cirurgia de glândulas submandibulares. 

Quadros de Obstrução ou Inflamação

As glândulas salivares produzem saliva de forma contínua, por isso, quando acontece algum tipo de obstrução em seus ductos elas ficam inchadas e podem desenvolver um processo inflamatório.

Como explicamos, em alguns casos a obstrução é provocada por cálculos, que podem ser removidos sem cirurgia, mas também existe a possibilidade de esses cálculos serem grandes demais, por exemplo, e exigirem uma técnica mais invasiva.

Nódulos e Tumores

Os nódulos podem se formar quando as células se proliferam e se aglomeram de uma maneira desorganizada, gerando uma pequena massa de tecido, um pequeno “caroço”. Na maioria dos casos, eles costumam ser benignos, mas podem trazer prejuízos por provocar a obstrução dos ductos, causar inchaços e desconfortos.

Sendo assim, a cirurgia de glândulas submandibulares pode ser realizada com o intuito de fazer a ressecção desses nódulos. Mas o Cirurgião de Cabeça e Pescoço também pode fazer uma biópsia, em especial se houver suspeita de malignidade.

Na biópsia é coletado um pequeno fragmento do nódulo para que ele seja analisado, a fim de verificar se existem células malignas, o que indicaria um quadro de câncer.

O tratamento de tumores malignos na glândula submandibular também deve ser feito por meio da cirurgia. Ela é realizada com o intuito de retirar o tumor ou a glândula por completo, dependendo da necessidade de cada paciente.

Riscos da Cirurgia de Glândulas Submandibulares

Um dos maiores desafios para realização de uma cirurgia de glândulas salivares é o fato de que essas estruturas estão muito próximas de nervos importantes da face, como aqueles que conferem sensibilidade à língua (nervo lingual) ou possibilitam a movimentação dos lábios (ramo marginal mandibular do nervo facial).

Por isso, um risco que a cirurgia de glândula submandibular apresenta é a lesão desses nervos importantes, o que poderia levar à paralisia. Logo, é fundamental que o pré-operatório seja muito bem realizado para conhecer a anatomia do paciente e verificar a localização do nódulo, tumor ou problema que se deseja tratar com a cirurgia.

Assim, a realização dela por um Cirurgião de Cabeça e Pescoço experiente é essencial para preservar ao máximo as estruturas saudáveis, evitando riscos e complicações para o paciente.

Além desse problema, a cirurgia de glândula submandibular pode oferecer os riscos que são comuns para qualquer procedimento cirúrgico, como inflamação, infecção, inchaço e sangramentos.

Para evitar essas condições no intra ou pós-operatório, basta cumprir a preparação sugerida pelo especialista e adotar todos os cuidados durante a fase de recuperação, a fim de garantir uma boa cicatrização dos tecidos.

Reforçamos que somente com uma avaliação de cada caso é possível definir se é ou não necessário fazer uma cirurgia de glândula submandibular. Então, converse com o Cirurgião de Cabeça e Pescoço, esclareça todas as suas dúvidas e confira as possibilidades de tratamento. Mas se for necessário fazer a cirurgia não deixe de realizar o tratamento para evitar o agravamento do quadro.

Dr Arthur Vicentini | Dr. Arthur Vicentini CRM 154.086
Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz
CRM-SP 15.4086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
+ Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

catorze − sete =

 | 03 / 02 / 22
Nós temos três grandes glândulas, sendo elas a submandibular, parótida e a sublingual. No post de hoje falaremos sobre o pós-operatório da cirurgia da glândula submandibular. Confira!
Ler Mais
 | 30 / 11 / 21
Entenda como são tratados os tumores que se desenvolvem nas glândulas sublinguais conhecendo as principais medidas nos diferentes estágios da doença.
Ler Mais
1 2 3 11
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Direitos Reservados 2022 | Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Site atualizado às 17:24 | 17/02/2022
magnifiercross