Dr. Arthur Vicentini

Qual a função da Traqueostomia e quais os cuidados necessários?

Atualizado em: 22/11/2022
Tempo de leitura: 4 minutos
Sumário
Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

A traqueostomia é um procedimento necessário nos quadros em que o fluxo de ar não consegue passar pelas vias aéreas superiores, como devido à obstrução por corpo estranho, tumores ou em decorrência de malformações. É preciso ter atenção à higiene, alimentação, aspiração de secreções e com os lábios e a boca do paciente traqueostomizado.

21 11 Blog
Qual A Função Da Traqueostomia E Quais Os Cuidados Necessários?

Para que uma pessoa consiga respirar, o ar precisa passar primeiro pelas vias aéreas superiores. No entanto, existem situações em que há um impedimento deste processo. Nesses e em outros casos, é necessária a realização de uma traqueostomia.

Esse procedimento ajuda a salvar vidas e contribui para o tratamento de diferentes condições clínicas. Contudo, é uma técnica que exige cuidados, uma vez que pode aumentar a exposição do paciente a infecções.

Neste artigo você vai entender mais a fundo a função da traqueostomia e os cuidados necessários para garantir a saúde e o maior conforto para o paciente traqueostomizado. Acompanhe.

Para que serve a traqueostomia?

A traqueostomia é uma espécie de atalho que permite ao paciente respirar quando acontece algum impedimento para o fluxo normal do ar pelas vias aéreas superiores. É feita uma pequena abertura (estoma) na traqueia para que seja possível a comunicação com o meio externo.

Com isso, o ar não precisa mais passar pela laringe e faringe e a pessoa consegue respirar sem maiores impedimentos. Sendo assim, esse procedimento, como dito, é fundamental para salvar vidas e indicado em diferentes situações.

Obstrução aguda das vias aéreas

A traqueostomia muitas vezes é necessária em situações de emergência, quando algum fator provoca a obstrução das vias aéreas superiores impedindo a passagem do ar. Isso pode acontecer, por exemplo, devido a um trauma na região do pescoço, quando há um corpo estranho na garganta ou em decorrência de queimaduras graves.

Malformações das vias respiratórias

Pacientes que nasceram com algum tipo de malformação das vias respiratórias também podem sentir dificuldade para a ventilação natural. Assim, pode ser necessário a realização da traqueostomia em algum momento da vida para facilitar o processo de respiração. Isso também pode acontecer devido a doenças degenerativas, como as distrofias musculares.

Intubação prolongada

Quando existe a necessidade de o paciente ser intubado por longos períodos, a traqueostomia pode ser considerada. Isso porque manter o tubo na traqueia por um longo tempo pode causar complicações, como pneumonia e estenose. A traqueostomia, portanto, evita essas complicações.

Tratamento oncológico

Alguns pacientes oncológicos podem precisar da traqueostomia durante certo tempo. Ela é necessária, por exemplo, após a realização de cirurgias de tumores que se desenvolvem no trato aerodigestivo alto. Após a recuperação inicial do tratamento, a traqueostomia pode ser revertida e o paciente pode voltar a respirar naturalmente.

Quais são os cuidados necessários com a traqueostomia?

Como explicamos na introdução, a traqueostomia precisa de cuidados específicos para minimizar os riscos de ocorrerem problemas como infecções. Eles também são importantes para garantir mais conforto para o paciente enquanto ele está com a traqueostomia.

Um dos cuidados principais é com relação à higiene porque o ar que entra pelo estoma não é filtrado, então, pode levar direto para os pulmões, microorganismos e impurezas. Logo, os equipamentos devem estar sempre esterilizados e muito bem higienizados.

É natural que aconteçam alguns processos inflamatórios no local, o que leva à formação de secreções. Elas devem ser aspiradas quando o paciente não consegue tossir e expulsar esses fluidos. O monitoramento, nesse caso, é essencial porque o aumento das secreções pode obstruir o fluxo de ar.

A traqueostomia cria um atalho ao fluxo aéreo, mas a boca e os lábios continuam precisando de atenção. Devem ser higienizados para evitar a proliferação de bactérias e hidratados para preservar a saúde das mucosas. Pode acontecer o acúmulo de secreções na orofaringe, exigindo a aspiração cuidadosa do local. Também não podemos esquecer dos dentes, é claro!

O Cirurgião de Cabeça e Pescoço responsável pelo paciente dará orientações específicas acerca da alimentação. Elas devem ser seguidas à risca porque com a traqueostomia pode acontecer a aspiração de líquidos ou de comida, que chega aos pulmões e podem levar a quadros de pneumonia aspirativa.

A maneira como a alimentação vai acontecer depende das condições e das necessidades de cada paciente, conforme o problema de base que levou à realização da traqueostomia.

Com os devidos cuidados, a traqueostomia não traz complicações, mas é importante que o paciente, seus familiares e cuidadores esclareçam todas as dúvidas com o Cirurgião de Cabeça e Pescoço e estejam atentos às instruções e recomendações dele para que todos os cuidados sejam seguidos de acordo com o quadro da pessoa.

Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz

CRM-SP 154.086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

TAGS:

Traqueostomia: Quando é necessário trocar a cânula?

Descubra tudo sobre a traqueostomia, desde suas indicações para facilitar a respiração até a importância vital da troca periódica da cânula para evitar complicações respiratórias sérias.
Saiba Mais

O que é traqueostomia: como funciona o sistema respiratório após o procedimento?

Descubra o que é a traqueostomia, quando é necessária e como o sistema respiratório funciona após o procedimento. Clique aqui e saiba mais!
Saiba Mais

Entenda a importância da Nasofibrolaringoscopia

Entenda a nasofibrolaringoscopia: o que é, como é realizada e suas principais indicações na prática médica diária. Descubra sua importância para diagnósticos precisos.
Saiba Mais
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz – CRM 154.086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Atualizado em: 
18:17 | 04/07/2024
magnifiercross