Dr. Arthur Vicentini

Hiperparatireoidismo

Atualizado em 08/10/2021
Tempo de leitura: 2 min.

O Hiperparatireoidismo, nada mais é do que o aumento da produção do hormônio da paratireoide. Saiba como identificar esse aumento de produção hormonal e como tratá-lo.

Glândula paratireoide

Quando nós falamos de glândulas endócrinas da região do pescoço, logo nos vem à mente a glândula tireoide.

Mas hoje falaremos sobre outra glândula, a paratireoide, que apesar do nome e da posição, tem uma relação um pouco mais distante com o funcionamento da tireoide.

A paratireoide fica logo atrás da tireoide, porém, ela não tem relação com a tireoide e sim com o equilíbrio do cálcio no nosso organismo.

Como sabemos, precisamos ingerir uma quantidade de cálcio diariamente, pois ele tem funções importantes dentro do nosso organismo, como por exemplo, produzir minerais para a formação dos ossos, prevenir doenças como osteoporose e osteopenia, fortalecer a musculatura do nosso organismo.

O que é hiperparatireoidismo?

O Hiperparatireoidismo nada mais é do que o aumento da produção do hormônio da paratireoide.

Então, se a gente tem o aumento da produção do hormônio da paratireoide de uma forma disfuncional, nós fazemos com que o paratormônio (PTH) e o cálcio subam bastante, e com essa elevação podemos ter vários distúrbios no nosso organismo, como formação de pedras nos rins, calcificações extra óssea, alterações do hábito intestinal, mudanças do padrão comportamental das pessoas. 

Em casos mais avançados, podemos ter até fraturas patológicas, osteoporose e alterações mais importantes quando a doença se agrava um pouco mais.

Tratamento

Não é todo caso de hiperparatireoidismo que precisa ser operado. Alguns casos mais leves são assintomáticos e não é necessário partir para a cirurgia, basta acompanhar e observar.

Mas em casos mais avançados, temos alguns critérios específicos que precisamos pensar para partirmos para a cirurgia, pois já pode estar acontecendo alguma disfunção no organismo.

Alguns desses critérios são:

  • cálcio muito elevado;
  • pessoas abaixo dos 50 anos;
  • cálculos urinários;
  • osteoporose;
  • ou alguma outra alteração já desencadeada por conta dessa alteração do cálcio.

Nesses casos pensamos na cirurgia.

Se você conhece alguém com diagnóstico de hiperparatireoidismo, cálculo urinário de repetição ou osteoporose sem causa específica, compartilhe o nosso conteúdo, curta e inscreva-se em nosso canal para aprender cada vez mais sobre o mundo da Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
Dr Arthur Vicentini | Dr. Arthur Vicentini CRM 154.086
Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz
CRM-SP 15.4086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
+ Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 + catorze =

 | 25 / 03 / 21
O hipoparatireoidismo geralmente ocorre depois de uma cirurgia da região do pescoço. Entenda por que isso acontece e como tratar.
Ler Mais
 | 15 / 10 / 20
A cirurgia de paratireoide é realizada na região anterior do pescoço, com um corte que varia de 4 a 5 centímetros. Saiba quais os cuidados do pós-operatório.
Ler Mais
hello world!
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.
Direitos Reservados 2021 Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya MKT
magnifiercross