Início » Doenças de Cabeça e Pescoço

Foto do Dr. Arthur Vicentini.Dr. Arthur Vicentini
Cv Lattes
GoogleMyCitations
CRM: 15.4086

Doenças de Cabeça e Pescoço

Quando fazer?

Como já publicamos em outro artigo, a Glândula Tireoide faz parte do sistema endócrino e produz hormônios que ajudam a regular o metabolismo do nosso corpo. 

Existem diversas doenças que podem acometer a glândula tireoide, desde nódulos benignos, até cânceres originados de suas células, bem como as doenças funcionais. Algumas dessas doenças têm tratamento clínico, no entanto muitas delas levam o paciente à indicação de uma tireoidectomia, ou seja, remoção da Glândula Tireoide.

 

Cirurgia da Tireoide: indicação

A tireoidectomia pode ser parcial ou total, com ou sem a retirada dos linfonodos do pescoço (falaremos sobre este assunto em uma futura publicação).

Para que seja realizada uma dessas cirurgias, existem indicações já bem estabelecidas na literatura mundial e que, por vezes, têm sido rediscutidas. As principais indicações para a tireoidectomia são:

 

Suspeita ou confirmação de malignidade   

Através de exames como a punção aspirativa por agulha fina, coletamos células que são analisadas ao microscópio, e determinamos a porcentagem de risco de um nódulo da tireoide ser maligno ou benigno (CLassificação de Bethesda).

 

Sintomas compressivos

Quando o aumento do volume da glândula comprime as estruturas adjacentes presentes no pescoço, surge a dificuldade respiratória, dificuldade alimentar ou alterações da fala, além da compressão dos vasos sanguíneos da região do pescoço.

 

Bócios mergulhantes

Quando a Tireoide aumenta e se insinua para o tórax, ela passa a ocupar o mediastino, local onde ficam o coração, os grandes vasos sanguíneos e outras estruturas importantes próximas aos pulmões. 

 

Hipertireoidismo sem possibilidade de tratamento clínico

O aumento das funções da Glândula Tireoide leva a alterações de todo o metabolismo do nosso corpo, podendo comprometer algumas de suas funções, e trazer grandes prejuízos para a saúde. 

Quando o hipertireoidismo não pode ser tratado de forma clínica, ou com iodo radioativo (por contraindicação de uso de medicação ou por falha destas modalidades de tratamento), a alternativa é a remoção da glândula tireoide.

 

Queixas Estéticas

Por estarem em localização de grande exposição (região anterior do pescoço), algumas pessoas podem sentir incômodo estético pelo aumento da tireoide, levando à retirada da glândula quando for necessário. 

Somente através de exames específicos e avaliação clínica completa será possível determinar a necessidade e a melhor abordagem para a realização da tireoidectomia.

Procure um cirurgião de cabeça e pescoço habilitado para tirar suas dúvidas. Marque hoje mesmo uma consulta!

dr arthur vicentini assinatura

Por Dr. Arthur Vicentini
da Costa Luiz.

CRM-SP 154086

Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço. Atua como membro efetivo da Sociedade Brasileira de Cirurgia de Cabeça e Pescoço e médico colaborador da da Disciplina de Cirurgia de Cabeça e Pescoço do Hospital das Clínicas da FMUSP e do Instituto do Câncer do Estado de São Paulo (ICESP).

faixa-dr-arthur-300x2-300x2

Veja mais posts relacionados:

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

× Agende sua Consulta