Dr. Arthur Vicentini

Como são o Pré e o Pós-Cirúrgico da Cirurgia de Tireoide?

Atualizado em: 18/01/2022
Tempo de leitura: 4 minutos
Sumário
Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

O pré-operatório da cirurgia de tireoide envolve uma análise clínica e do quadro específico detalhados do paciente para programação do tratamento e para reduzir o risco de complicações durante e no pós-operatório.

Como Sao O Pre E O Pos Cirurgico Da Cirurgia De Tireoide Dr Arthur Vicentini Bg
Como São O Pré E O Pós-Cirúrgico Da Cirurgia De Tireoide?

Já o pós-operatório envolve cuidados como repouso relativo e evitar o uso excessivo da voz, para prevenir inchaços, sangramentos e favorecer a cicatrização.

Problemas como hipertireoidismo, nódulos e câncer de tireoide podem receber a indicação de uma cirurgia da tireoide, ou seja, uma tireoidectomia. Ela é realizada para retirada parcial ou total da glândula, dependendo da necessidade de cada paciente.

A tireoidectomia é um procedimento complexo, tendo em vista a localização da glândula e a proximidade de estruturas nobres, tais como vasos sanguíneos, nervos responsáveis pela movimentação das cordas vocais e outros órgãos vitais da região. No entanto, sendo realizada por um Cirurgião de Cabeça e Pescoço com formação consistente e com experiência, as chances de complicação são bem reduzidas.

Sendo assim, a tireoidectomia consiste em uma técnica invasiva e que precisa de cuidados antes, durante e depois, para garantir o sucesso do tratamento e evitar complicações ou riscos para o paciente.

Mas o que acontece no pré-operatório e no período após a cirurgia de tireoide? Preparamos este artigo para responder essa pergunta. Confira!

Pré-operatório da Cirurgia de Tireoide

O pré-operatório dos procedimentos cirúrgicos, incluindo a cirurgia de tireoide, é um momento de análises e preparação para a realização da técnica. O paciente passa por uma consulta completa e por uma série de exames, conforme as características do problema que será tratado e o seu quadro clínico em geral.

É por meio dessas ferramentas que a equipe que realizará a cirurgia, assim como o anestesista, podem conhecer mais profundamente a saúde do paciente, avaliando o seu estado clínico e também orientando a pessoa sobre os preparos necessários para realizar a cirurgia de tireoide. 

Essa é uma etapa fundamental para garantir uma maior segurança para o paciente na hora da realização da cirurgia. Os cuidados que serão adotados no pré-operatório também podem contribuir para que o paciente se recupere mais rápido depois do procedimento, evitando ao máximo possíveis riscos de complicações. 

Serão solicitados exames de hemoglobina, coagulação e outras dosagens para entender se o funcionamento do organismo está equilibrado. Dosagens de cálcio e Vitamina D costumam ser importantes, porque alguns pacientes podem precisar de reposição dessas substâncias para evitar desconfortos musculares durante o processo de recuperação.

Em função da anestesia, também são solicitados outros exames para monitorar o funcionamento do coração, dos rins e sais minerais; e algumas técnicas específicas e mais direcionadas, para conhecer a região que será operada. 

Outro cuidado adotado no pré-operatório da cirurgia de tireoide é a adoção de hábitos mais saudáveis. É recomendado evitar o cigarro, o consumo de bebidas alcoólicas, adotar uma alimentação balanceada e praticar exercícios físicos. Também é importante manter problemas como colesterol, diabetes e hipertensão sob controle.

Como dito, cada paciente pode receber uma recomendação específica para o seu preparo para a cirurgia, dependendo das suas necessidades, como é o caso daqueles que fazem uso de medicamentos contínuos. Assim, é fundamental seguir as recomendações do seu Cirurgião de Cabeça e Pescoço.

Pós-operatório da Tireoidectomia

De um modo geral, o paciente recebe alta já no dia seguinte após o procedimento. Nesse momento, ele receberá todas as instruções sobre os medicamentos que precisam ser administrados, como anti-inflamatórios, analgésicos e, em alguns casos, hormônios de reposição.

Logo na primeira semana, é muito importante evitar esforço físico e também movimentos mais intensos com o pescoço. Essas medidas ajudam a evitar os edemas (inchaços) e possíveis sangramentos no local.

Recomendamos, ainda, que o paciente não dirija nos primeiros 15 dias após o procedimento, mas não é necessário manter repouso absoluto. Pequenas caminhadas são bem-vindas para manter a circulação principalmente das pernas e dos pés. O paciente também pode se sentar, fazer as refeições à mesa e realizar outras atividades para seu entretenimento, como usar o celular, computador, ler e ver televisão. 

Não é necessário se abster da fala, mas é interessante evitar o uso intenso da voz porque provoca esforço e pode causar inchaço na região operada. Em relação à alimentação, é preferível evitar os alimentos com potencial de causar alergias, como a carne de porco e frutos do mar, além de alimentos mais pesados, que podem causar desconforto abdominal, enquanto o intestino não volta a funcionar normalmente. Dê preferência para uma alimentação mais leve e natural, rica em nutrientes e proteínas. Água e sucos também são importantes.

A exposição ao sol deve ser evitada porque ele pode prejudicar a cicatrização e causar alterações estéticas futuras. Na segunda semana após a cirurgia de tireoide, é possível retomar o trabalho ou os estudos. Os esforços físicos mais intensos costumam ser liberados após os primeiros 15 dias, mas sempre é necessário consultar seu cirurgião. 

A cirurgia de tireoide costuma ser muito bem sucedida, em especial quando as recomendações pré e pós-operatórias são seguidas à risca, conforme a recomendação do médico. Isso vai garantir um bom preparo do organismo para o procedimento e condições adequadas e favoráveis para a recuperação dos tecidos.

Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz

CRM-SP 154.086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quais as possíveis complicações de uma Cirurgia Paratireoide?

Descubra tudo sobre a cirurgia das glândulas paratireoides: do hiperparatiroidismo aos cuidados pós-operatórios. Saiba como garantir uma recuperação tranquila e melhoria na qualidade de vida.
Saiba Mais

Carreira de Cirurgião de Cabeça e Pescoço

Desvende as múltiplas facetas do médico moderno além do consultório. Da comunicação à gestão, explore as diversas responsabilidades e desafios dessa profissão. Compartilhe experiências e descubra como escolher o caminho certo na carreira médica.
Saiba Mais

O que causa a obstrução dos ductos salivares?

Compreenda as causas, consequências e tratamentos para obstruções nas glândulas salivares. Descubra como essas condições podem afetar sua saúde bucal e digestiva, e saiba mais sobre as opções de tratamento disponíveis para aliviar o desconforto associado.
Saiba Mais
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz – CRM 154.086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Atualizado em: 
16:02 | 11/04/2024
magnifiercross