Dr. Arthur Vicentini

Como ocorre o câncer de orofaringe? Entenda!

Atualizado em 08/10/2021
Tempo de leitura: 3 min.

O câncer de orofaringe é aquele que se desenvolve no "fundo da garganta", em tecidos como a base da língua, as amígdalas, o palato mole, as paredes laterais da orofaringe e seus pilares. Pode ser provocado por diferentes fatores, em especial o tabaco, o álcool e infecções, como pelo HPV. 

Como Ocorre O Cancer De Orofaringe Entenda Dr Arthur Vicentini Bg 1
Como Ocorre O Câncer De Orofaringe? Entenda! 2

Existe um tipo de câncer que atinge a região da orofaringe, que também é chamada popularmente como "fundo da garganta", logo atrás da cavidade oral. O câncer orofaríngeo pode se desenvolver em todas as estruturas dessa região, sendo uma doença mais comum em homens a partir dos 50 anos. 

Como acontece com outros tipos de cânceres, alguns fatores favorecem o desenvolvimento desse problema. Preparamos este artigo para que você saiba como o câncer de orofaringe acontece, suas formas de detecção e opções de tratamento. Acompanhe.

O que é o câncer de orofaringe?

É chamado de câncer de orofaringe o tumor maligno que se desenvolve na região onde está a base da língua, a parte mole do palato (céu da boca), as amígdalas, os pilares orofaríngeos e as paredes laterais e posteriores da orofaringe. 

O subtipo mais frequente de tumores dessa região é o carcinoma espinocelular, também conhecido como carcinoma de células escamosas.

Quais são as causas e fatores de risco desse tipo de câncer?

Da mesma maneira como ocorre com outros tipos de câncer, não é possível definir uma causa exata para o câncer de orofaringe. Isso porque tanto pessoas expostas a fatores de risco como aquelas que não apresentam suscetibilidade para a doença podem desenvolver o problema.

Entretanto, o câncer de orofaringe é altamente favorecido pelo hábito de fumar e/u pelo uso excessivo de bebida alcoólica. Isso porque as toxinas desses produtos têm contato direto com a boca, língua e garganta. Com o passar do tempo, isso leva a processos inflamatórios celulares que desencadeiam mutações no DNA e culminam com a formação dos tumores malignos. 

Atualmente, temos visto aumentar o número de pacientes jovens que apresentam tumores da orofaringe e que não tiveram o hábito de fumar / beber. Nesses casos, é bastante comum que os pacientes tenham tumores relacionados a infecções pelo vírus do HPV.

Como o câncer orofaríngeo é detectado?

Os tumores de orofaringe desencadeiam uma série de possíveis sintomas. Eles ajudam bastante na identificação da doença e podem contribuir para que a própria pessoa identifique que algo está errado e procure a ajuda de um Cirurgião de Cabeça e Pescoço para realização de investigação complementar. Entre esses sintomas podem ser percebidos: 

  • dor constante na garganta;
  • feridas que não cicatrizam;
  • inchaços;
  • nódulos ou caroços no pescoço;
  • manchas vermelhas ou brancas nas mucosas;
  • sensação de algo preso na garganta;
  • feridas na garganta;
  • dificuldade para mastigar;
  • disfagia (dificuldade para engolir);
  • engasgos;
  • alterações na voz;
  • mau hálito constante. 

Como você viu, alguns sintomas do câncer de orofaringe são bem visíveis. Assim, adquirir o hábito de observar a língua, o palato mole, as amígdalas, assim como todos os tecidos da cavidade oral é importante para identificar alterações. 

Porém, o diagnóstico da doença pode ser obtido apenas pelo especialista. Ele realizará um exame físico e coletará amostras do tecido para realização de uma biópsia, a fim de descobrir se as lesões são de fato malignas.

O câncer de orofaringe tem tratamento?

É possível fazer o tratamento do câncer de orofaringe. O protocolo adotado pelo especialista varia de acordo com as características da doença, a região onde ela se desenvolveu e também o estágio em que se encontra. 

Podem ser realizadas sessões de quimioterapia e radioterapia, assim como pode ser recomendada uma cirurgia para fazer a retirada da lesão, fazendo o controle da progressão da doença. 

O câncer de orofaringe também pode ser curado, mas isso vai depender das características da doença e do momento em que foi dado início ao tratamento. Logo, quanto antes ela for identificada, melhor. De toda forma, o ideal é fazer a prevenção, principalmente evitando o tabaco, minimizando a ingestão de bebidas alcoólicas e mantendo a proteção durante as relações sexuais, mesmo durante o sexo oral.

Dr Arthur Vicentini | Dr. Arthur Vicentini CRM 154.086
Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz
CRM-SP 15.4086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
+ Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 2 =

 | 04 / 05 / 21
Você sabe para que serve a faringe? Entenda qual é a função desse órgão e ainda confira quais são as doenças que podem se desenvolver nele.
Ler Mais
 | 03 / 03 / 21
O HPV é um vírus que também pode se instalar na cavidade oral e orofaringe. Veja como acontece o contágio e de que maneira é feito o tratamento desse problema.
Ler Mais
hello world!
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.
Direitos Reservados 2021 Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya MKT
magnifiercross