Dr. Arthur Vicentini

Cirurgia de paratireoide: pós-operatório

Atualizado em 08/10/2021
Tempo de leitura: 2 min.

As paratireoides são glândulas bem pequenas que costumam ficar atrás da tireoide. No geral, são quatro, mas podem ter mais em posições diferentes. O que acontece é que algumas delas podem aumentar a produção de hormônio e alterar o equilíbrio do cálcio no corpo.

Como a cirurgia de paratireoide é realizada

Para fazer uma cirurgia de paratireoide, basicamente o acesso é igual ao da tireoide, onde é feita uma incisão na região anterior do pescoço. Esse corte depende do tamanho da glândula e de vários fatores. Mas no geral, varia de 4 a 5 cm (centímetros).

A glândula tireoide é levantada e afastada para encontrar as paratireoides. Depois disso, a paratireoide é retirada, os pontos são dados na pele e o curativo é feito.

O paciente costuma ficar em repouso no hospital durante 1 ou 2 dias, às vezes até um pouco mais para controlar o cálcio e alguns sintomas.

Cuidados no pós-operatório da cirurgia de paratireoide

Os cuidados que devem ser tomados na cirurgia de paratireoide costumam ser semelhantes com as de tireoide, e também podem estar relacionados com as estruturas que manipulamos durante a cirurgia.

Então, por exemplo, os vasos sanguíneos do pescoço são bastante delicados, alguns são muito importantes porque é por onde passam grandes quantidades de sangue.

Realizar repouso relativo

É recomendado que o paciente fique por algum período em repouso relativo, ou seja, não precisa ficar deitado na cama o dia inteiro. Pelo contrário, é até bom ter alguma movimentação, como realizar pequenas caminhadas. Mas sem esforço físico, como carregar peso, dirigir, fazer exercícios intensos, para evitar risco de sangramento no pescoço levando ao inchaço, hematoma e até dificuldade respiratória.

Ter alimentação mais saudável

Outra sugestão é que o paciente tenha uma alimentação mais leve e rica em cálcio. Isso porque, se o cálcio reduzir, poderá ter alterações complicadas. É indicado realizar exames para checar se o cálcio está em níveis habituais, ou seja, normais.

Além disso, deve tomar bastante líquido para o corpo conseguir se regenerar e a cicatrização ocorrer de forma adequada.

Manter o pescoço limpo

Outras preocupações estão relacionadas com a higiene do pescoço. No pós-operatório, o paciente fica com um curativo impermeável na região cervical entre 7 e 14 dias.

No entanto, o paciente pode limpar o curativo, tomar banho, e até molhar, o que não pode é esfregar em cima e nem fazer muita manipulação da região, para o curativo não sair antes do tempo recomendado.

Utilizar meias elásticas

Por último, mas não menos importante, o pós-operatório da cirurgia de tireoide, assim como a de tireoide, possui forte tendência para trombose venosa profunda, conhecida também como TVP.

Portanto, caso seja indicação do paciente, é possível utilizar meias elásticas que mantenham a compressão das musculaturas das pernas e caminhar sem realizar esforços físicos.

Se você já realizou ou vai realizar essa cirurgia, deixe nos comentários!

Dr Arthur Vicentini | Dr. Arthur Vicentini CRM 154.086
Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz
CRM-SP 15.4086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
+ Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 5 =

 | 19 / 08 / 21
O hiperparatireoidismo acontece quando a paratireoide passa por um aumento de hormônio. Veja como tratá-lo.
Ler Mais
 | 25 / 03 / 21
O hipoparatireoidismo geralmente ocorre depois de uma cirurgia da região do pescoço. Entenda por que isso acontece e como tratar.
Ler Mais
hello world!
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.
Direitos Reservados 2021 Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya MKT
magnifiercross