Dr. Arthur Vicentini

Após a Tireoidectomia, preciso fazer Reposição hormonal?

Atualizado em: 13/12/2022
Tempo de leitura: 4 minutos
Sumário
Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

A tireoidectomia pode ser feita de forma parcial ou total. A reposição de hormônios depende de vários fatores, entre eles a função tireoidiana prévia, o volume de tireoide remanescente e outros fatores intrínsecos de cada paciente.

Apos A Tireoidectomia Preciso Fazer Reposicao Hormonal Dr Arthur Vicentini Bg
Após A Tireoidectomia, Preciso Fazer Reposição Hormonal?

A saúde e a integridade da tireoide são fundamentais para que essa glândula produza os hormônios necessários para manter nosso organismo em equilíbrio. Por isso, quando é realizada a tireoidectomia, muitas vezes é necessário fazer a reposição hormonal.

Mas em quais situações é preciso manter o uso desse tipo de medicamento? Veja quais são os pacientes que necessitam repor os hormônios da tireoide e como essa reposição é feita.

Por que a tireoidectomia prejudica a produção de hormônios da tireoide?

Muitas das funções do organismo humano são controladas pelos hormônios. A sensação de fome, o sono, a fertilidade e até mesmo o humor sofrem a influência dessas substâncias liberadas por diferentes órgãos e glândulas.

A tireoide é uma glândula responsável pela produção de hormônios que, entre outros fatores, comandam o metabolismo. Por isso, eles têm um papel fundamental no equilíbrio da saúde e não podem faltar na corrente sanguínea. Devem estar na quantidade certa, nem mais nem menos, para manter o corpo equilibrado.

Quando a glândula tireoide está saudável ela produz as quantidades ideais de hormônio para o organismo. Contudo, alguns fatores afetam essa produção. Isso pode acontecer, por exemplo, devido a nódulos ou por causa da realização de uma cirurgia de tireoide, a tireoidectomia.

Nessa técnica, pode ser removida uma parte da glândula tireóide ou então ela é retirada por completo do corpo. Nos dois casos a produção de hormônios pode ser comprometida, desequilibrando a quantidade deles presente na corrente sanguínea.

Em quais situações é preciso fazer a reposição de hormônios da tireoide?

Você viu que a tireoidectomia pode ser parcial ou total. No segundo caso, removemos a glândula por completo, então, o organismo não vai mais produzir os hormônios tireoidianos. Sendo assim, todas as pessoas que submetidas à tireoidectomia total precisam fazer a reposição desses hormônios para suprir as necessidades do organismo. 

No caso da tireoidectomia parcial, como removemos apenas uma parte da glândula, nem sempre existe a necessidade de fazer a reposição de hormônio. A maioria dos pacientes não precisará dessa reposição, contanto que a função tireoidiana prévia seja adequada. Apenas cerca de 20% deles é que necessitarão dessa terapia.

Como a reposição de hormônios da tireoide é feita?

A reposição dos hormônios produzidos pela tireoide é muito simples de ser feita. Aqui no Brasil, os medicamentos hormonais disponíveis no mercado são todos administrados por via oral, comercializados em forma de comprimido de ingestão diária - a conhecida Levotiroxina.

Porém, em raras exceções, pode acontecer de o paciente ter dificuldade de absorção dos hormônios em formato de comprimido. Para eles, é recomendada a medicação injetada, mas como dito isso é difícil de acontecer.

Os medicamentos que repõem os hormônios tireoideanos devem ser administrados uma vez por dia. A recomendação é de que esse medicamento seja o primeiro tomado logo pela manhã, antes de se alimentar ou tomar outras medicações. Deve-se ingerir o hormônio sozinho e aguardar cerca de 40 minutos antes de tomar o café da manhã ou de administrar qualquer outro tipo de medicamento.

Mais uma recomendação muito importante é a regularidade da administração desses hormônios. O ideal é fazer a ingestão no mesmo horário para contribuir com a melhor absorção, garantindo o equilíbrio da taxa de hormônio na corrente sanguínea.

É preferível, ainda, não trocar o fabricante do medicamento nem fazer qualquer alteração na dosagem sem que isso seja recomendado pelo médico. Aliás, é muito importante fazer o acompanhamento com o Cirurgião de Cabeça e Pescoço para monitorar a dosagem.

Por que o acompanhamento médico é importante?

Durante todo o tratamento do paciente que precisa repor os hormônios da tireoide, será necessário fazer exames para monitorar a saúde. Eles são indispensáveis para verificar se a quantidade de hormônios está adequada para suas necessidades.

Alguns exames solicitados são os de níveis de TSH e T4 livre, entre outras substâncias. Assim, o Cirurgião de Cabeça e Pescoço pode verificar se existe a necessidade de adequar a dosagem hormonal ou se ela está suficiente.

Vale ressaltar que quando o paciente precisa fazer a reposição hormonal após a tireoidectomia isso será mantido ao longo de toda a sua vida, sempre com acompanhamento do Cirurgião de Cabeça e Pescoço para monitorar os níveis hormonais e a saúde de um modo geral.

Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz

CRM-SP 154.086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distúrbios da tireoide e como identificá-los

Descubra como os distúrbios da tireoide, como o hipotireoidismo e o hipertireoidismo, podem afetar sua qualidade de vida. Saiba mais sobre os sintomas, diagnóstico e tratamento.
Saiba Mais

Rouquidão: o que causa e sintomas de alerta

Descubra a importância da fisiologia vocal e os fatores que podem afetá-la. Desde a vibração das cordas vocais até as causas da rouquidão, mergulhe nesse universo complexo e entenda os sinais de alerta que demandam atenção especial.
Saiba Mais

Nódulos da Tireoide: diagnóstico e opções de tratamento

Nódulos da tireoide: conheça causas, sintomas e tratamentos. Saiba identificar os sinais precoces de problemas na tireoide. Clique aqui!
Saiba Mais
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz – CRM 154.086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Atualizado em: 
15:55 | 23/05/2024
magnifiercross