Dr. Arthur Vicentini

Ablação por radiofrequência de Nódulos de Tireoide

Atualizado em: 21/07/2022
Tempo de leitura: 3 minutos
Sumário
Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

A tireoide é uma glândula endócrina que fica na região central do pescoço e pode ser sítio de vários tipos de doença, tanto doenças funcionais quanto doenças anatômicas

Quando falamos a respeito de nódulos de tireoide, estamos falando de uma infinidade de doenças diferentes , de vários tipos diferentes de apresentação  e várias doenças relacionadas. No post a seguir, falaremos mais sobre estes nódulos e seu tratamento de ablação por radiofrequência. Acompanhe!

Como e quando estes Nódulos aparecem?

Quando falamos de doenças anatômicas, estamos falando, basicamente, de nódulos, pois são muito frequentes na população em geral, principalmente em mulheres depois dos 50 anos, mas pode acontecer em homens, pessoas jovens e até em crianças este tipo de situação.

É muito importante pensar que a maioria dos nódulos são pequenos, que não trazem qualquer tipo de repercussão, que não tem alterações das funções digestivas, funções respiratórias, da fala, mas pode acontecer de nódulos um pouco maiores surgirem ou se desenvolverem e com esse crescimento, trazer algumas repercussões, além disso, existe a possibilidade de os nódulos terem um componente maligno, que é pouco, uns 10% desses nódulos que tem essa composição, mas também é uma situação bastante relevante, comum e corriqueira.

Como é feito o Tratamento destes Nódulos?

A técnica clássica de tratamento destes nódulos é feita através de cirurgia, em que se faz uma incisão anterior no pescoço e o paciente passa por uma cirurgia de retirada da glândula tireoide, ou de forma completa, a tireoidectomia total ou a tireoidectomia parcial, que é quando se remove somente uma parte da glândula.

O que tem acontecido nos últimos anos é que a medicina tem avançado no sentido de tentar ser menos invasiva e de termos menos agressões cirúrgicas, menos traumas, etc.

Radioablação (Ablação por Radiofrequência)

A partir disto, foram desenvolvidas várias técnicas, entre elas a mais promissora, que tem tido bastante resultado, que é o que chamamos de radioablação ou ablação por radiofrequência dos nódulos tireoidianos.

Este procedimento normalmente é feito sob sedação, em alguns lugares do mundo se faz até em consultório, nós temos feito em hospital, em lugares um pouco mais estruturados e fazemos sob sedação, com todo o controle, com toda a parte clínica do paciente sendo avaliada enquanto fazemos o procedimento.

Enquanto se faz a ultrossonografia, acessamos com uma agulha um pouquinho mais calibrosa do que aquela das condições, entramos com esta agulha dentro do nódulo, essa agulha é conectada em um aparelho específico  que emite estas ondas de radiofrequência e com esta radiofrequência sendo emitida para dentro do nódulo, nós temos uma redução de seu volume total depois de algum tempo. Então, é uma técnica ainda complexa, que precisa ser feita com bastante cuidado, por pessoas experientes, bem treinadas, mas que tem trazido bons resultados.

Ablação por radiofrequência em nódulos Malignos

Existe a discussão hoje em dia na área de saúde se podemos fazer também este tipo de ablação para nódulos malignos e isso tem se provado bastante positivo, tem trazido bons resultados mas ainda é algo que precisamos estudar um pouco mais, na minha opinião.

Fazendo um resumo, esta é uma técnica nova que tem sido utilizada com maior frequência, que tem sido colocada à disposição dos pacientes, que é menos invasiva e que tem trazido bons resultados, tanto para tumores benignos e isso já bem estruturados também já trazendo bons resultados.

Se você conhece alguém que tem nódulos de tireoide e tem a necessidade de fazer um procedimento cirúrgico mas que não pode passar pela cirurgia convencional, compartilhem esta informação com eles!

Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz

CRM-SP 154.086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Distúrbios da tireoide e como identificá-los

Descubra como os distúrbios da tireoide, como o hipotireoidismo e o hipertireoidismo, podem afetar sua qualidade de vida. Saiba mais sobre os sintomas, diagnóstico e tratamento.
Saiba Mais

Rouquidão: o que causa e sintomas de alerta

Descubra a importância da fisiologia vocal e os fatores que podem afetá-la. Desde a vibração das cordas vocais até as causas da rouquidão, mergulhe nesse universo complexo e entenda os sinais de alerta que demandam atenção especial.
Saiba Mais

Nódulos da Tireoide: diagnóstico e opções de tratamento

Nódulos da tireoide: conheça causas, sintomas e tratamentos. Saiba identificar os sinais precoces de problemas na tireoide. Clique aqui!
Saiba Mais
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz – CRM 154.086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Atualizado em: 
15:55 | 23/05/2024
magnifiercross