Dr. Arthur Vicentini

Cirurgia de Tireoide parcial e total

Atualizado em 28/04/2022
Tempo de leitura: 2 min.

Também chamada de tireoidectomia, a cirurgia na tireoide nada mais é do que um procedimento cirúrgico para a retirada da glândula, e ela pode ser feita totalmente, ou parcialmente.

Quando nós falamos a respeito da cirurgia de tireoide, da qual já falamos várias vezes aqui em nosso blog, pode ser feita nos pacientes a cirurgia total ou parcial, e as vezes surge a pergunta de nossos pacientes: "Doutor, mas se eu fizer uma tireoidectomia parcial com todos os benefícios e riscos envolvidos, pode acontecer de em algum momento eu precisar fazer um segundo procedimento"? Continue nos acompanhando e saiba mais.

Totalização da Cirurgia Parcial

A resposta para a pergunta citada acima é: Sim, pode!

Pode acontecer depois de algum tempo, se surgir um nódulo no outro lado ou se tiver alguma mudança do paradigma da doença, pode acontecer da gente precisar fazer um segundo procedimento, uma totalização da tireoidectomia , ou seja, remover o lado que faltou , que deixou no pescoço e isso é um novo procedimento cirúrgico que deve ser começado a partir do 0.

Pontos Positivos

O ponto positivo de ter que fazer isso, é que normalmente quando fazemos uma cirurgia parcial de tireoide, nós estamos tentando preservar um órgão que tem uma função específica, que está funcionando de forma adequada, que está trazendo benefícios no sentido de a gente tirar menos coisas do corpo do que precisa.

O que pode acontecer é termos que fazer esta abordagem do lado que faltou, mas, normalmente, os cirurgiões mais bem formados e experientes, que têm vivência com esse tipo de procedimento, preservam bem aquele lado que não foi manipulado, exatamente para evitar fibrose, para evitar cicatrização, para evitar que em um segundo momento possamos ter, por exemplo, uma lesão das paratireoides e temos essa fibrose que atrapalha tudo.

Então, pode acontecer de pacientes que fizeram a tireoidectomia parcial precisarem ser submetidos a uma totalização, uma complementação da tireoidectomia, mas isso é bastante raro, principalmente quando bem indicado o procedimento essa chance é bastante pequena, mas fica sempre como uma ferramenta do nosso arsenal para que nós possamos oferecer o melhor cuidado possível para os nossos pacientes.

Se você conhece alguém que está na dúvida de que tipo de procedimento vai passar, que o médico explicou mas que ainda falta um pouquinho de interpretação, de compreensão a respeito disso, se você conhece alguém que vai fazer uma cirurgia de tireoide ou que tem um nódulo e precisa de orientações, não deixe de compartilhar este conteúdo!

Dr Arthur Vicentini | Dr. Arthur Vicentini CRM 154.086
Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz
CRM-SP 15.4086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.
+ Saiba mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezoito + doze =

 | 07 / 06 / 22
Entenda como é feito o tratamento do bócio multinodular e descubra quando é necessário tratar esse quadro clínico.
Ler Mais
Descubra quais são os cuidados fundamentais que devem ser adotados após a tireoidectomia para garantir uma recuperação mais tranquila e evitar complicações da cirurgia.
Ler Mais
1 2 3 33
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Direitos Reservados 2022 | Dr. Arthur Vicentini – CRM 154086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Site atualizado às 11:08 | 28/04/2022
magnifiercross