Dr. Arthur Vicentini

Quais as chances de cura do câncer de língua?

Atualizado em: 24/05/2023
Tempo de leitura: 4 minutos
O câncer de língua é uma condição grave que precisa ser abordada precocemente para que o paciente tenha o melhor desfecho possível dentro das suas condições. Saiba como identificar e quais as chances de cura!
Sumário
Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se
Quais As Chances De Cura Do Cancer De Lingua Blog
Quais As Chances De Cura Do Câncer De Língua?

O câncer é uma condição em que as células do nosso organismo sofrem uma mutaçãol e passam a se multiplicar sem controle, formando um tumor maligno que precisa ser abordado rapidamente para evitar sequelas e consequências mais graves. 

O câncer de língua é um tipo de câncer de boca que pode afetar qualquer parte da língua, incluindo a base, a ponta e os lados. Porém, as regiões em que ele geralmente surge são as bordas laterais

Neste artigo, discutiremos os principais pontos sobre os sintomas, as causas, o diagnóstico e o tratamento do câncer de língua. Continue até o final!

Quais os fatores de risco para desenvolver câncer de língua?

Os fatores de risco para desenvolvimentode tumores de cavidade oral, incluindo a lingua, sao bastante conhedidos e muito comuns em nossa população. Entre eles, destacam-se:

  • Tabagismo ativo e histórico de tabagismo
  • Consumo excessivo de álcool
  • Higienização oral inadequada
  • Falta de cuidado com os dentes e próteses dentárias

Alguns desses fatores de risco também podem ser aplicados a outros cânceres da boca, faringe e laringe e etc.

Pacientes que possuem fatores de risco devem realizar acompanhamento periódico com um Cirurgião de Cabeça e Pescoço para identificação precoce de possíveis lesões malignas e pré-malignas, proporcionando a chance de uma abordagem precoce.

Como identificar o câncer de língua?

O câncer de língua é de fácil diagnóstico, visto que pode ser visto a olho nu na maioria dos casos. Isso também reforça a possibilidade do auto-exame, ou seja, o próprio paciente se examinar em frente a um espelho para identificação de possíveis lesões.

Os sintomas do câncer de língua podem variar de acordo com a localização e o estágio do tumor. Os sintomas mais comuns incluem:

  • Feridas ou úlceras que não cicatrizam
  • Dor na língua
  • Dificuldade para mastigar ou engolir
  • Dificuldade para falar
  • Sangramento na boca
  • Inchaço na língua
  • Perda de peso sem causa aparente
  • Mau hálito

Como é feito o diagnóstico do câncer de língua?

O diagnóstico do câncer de língua começa pela coleta de dados do paciente durante a consulta médica, seguida por um atencioso exame físico da boca e da garganta. Quando necessário, pode-se solicitar exames de imagem, como tomografia computadorizada, ressonância magnética ou radiografia, para avaliar a extensão do tumor.

Uma biópsia deve ser realizada para confirmar o diagnóstico do câncer de língua, bem como para definir o subtipo da lesão e melhor orientar o tratamento. Durante o procedimento, o médico remove uma pequena amostra de tecido da língua para ser examinada em laboratório. Se o câncer for confirmado, o médico realizará outros exames para determinar o estágio da doença (estadiamento) e o melhor tratamento.

As chances de cura do câncer de língua dependem do estágio da doença no momento do diagnóstico e do tratamento escolhido. Quando o câncer de língua é detectado em estágios iniciais, as chances de cura são muito maiores, com redução de sequelas e menor impacto na qualidade de vida.

Estudos demonstram que o índice de sobrevivência em 5 anos para o câncer de língua em estágio I (mais precoce) é de cerca de 75%, enquanto que para o estágio IV (mais avançado), a taxa cai para cerca de 39%.

Outros fatores, como status clínico, acesso a diagnóstico e tratamento precoces, acompanhamento com equipe multiprofissional, presença de outras doenças associadas etc, também podem interferir no resultado do tratamento.

Como é feito o tratamento do câncer de língua?

O tratamento do câncer de língua depende das condições do tumor e do paciente. Entre as principais medidas, que podem ser realizadas isoladamente ou de forma combinada, estão:

  • Cirurgia: é o tratamento mais comum e costuma ser a parte principal para o câncer de língua. Durante a cirurgia, o médico remove o tumor e parte da língua saudável como margem de segurança. Em alguns casos, pode ser necessário remover toda a língua. Em casos específicos, uma reconstrução com retalhos da região ou à distância também é indicada.
  • Radioterapia: é um tratamento que usa radiação para matar as células tumorais. É geralmente indicado como forma de complementação à cirurgia, mas pode ser aplicada a casos de tumores inoperáveis ou pacientes sem condições clínicas para a cirurgia. 
  • Quimioterapia: é um tratamento que usa medicamentos para matar as células do tumor. A quimioterapia pode ser usada sozinha ou em combinação com cirurgia ou radioterapia. É geralmente usada em estágios mais avançados do câncer de língua.
  • Terapia alvo: é um tratamento que utiliza medicamentos para atacar as células malignas de forma mais precisa, sem afetar (ou afetando menos) as células saudáveis. 
  • Imunoterapia: é um tratamento que estimula o sistema imunológico do corpo a combater as células do câncer. A imunoterapia é geralmente usada em combinação com outros tratamentos.

As medidas a serem escolhidas dependerão da situação de cada paciente, que também determinarão o sucesso do tratamento.

Fique atento aos fatores de risco, evite-os e/ou controle-os no seu dia a dia. Em caso de suspeita ou surgimento de alguma lesão na língua, procure um Cirurgião de Cabeça e Pescoço qualificado para te orientar quanto a melhor conduta!

Acompanhe no youtube
icon metro youtube arthur vicentiniinscreva-se

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz

CRM-SP 154.086
Médico graduado pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), com residência médica em Cirurgia Geral e Cirurgia de Cabeça e Pescoço.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quais as possíveis complicações de uma Cirurgia Paratireoide?

Descubra tudo sobre a cirurgia das glândulas paratireoides: do hiperparatiroidismo aos cuidados pós-operatórios. Saiba como garantir uma recuperação tranquila e melhoria na qualidade de vida.
Saiba Mais

Carreira de Cirurgião de Cabeça e Pescoço

Desvende as múltiplas facetas do médico moderno além do consultório. Da comunicação à gestão, explore as diversas responsabilidades e desafios dessa profissão. Compartilhe experiências e descubra como escolher o caminho certo na carreira médica.
Saiba Mais

O que causa a obstrução dos ductos salivares?

Compreenda as causas, consequências e tratamentos para obstruções nas glândulas salivares. Descubra como essas condições podem afetar sua saúde bucal e digestiva, e saiba mais sobre as opções de tratamento disponíveis para aliviar o desconforto associado.
Saiba Mais
Atenção: O site  www.arthurvicentini.com.br  visa melhorar o acesso aos pacientes à informação de qualidade sobre sua saúde, porém nada substitui uma avaliação completa, durante consulta médica e diagnóstico adequados.

Dr. Arthur Vicentini da Costa Luiz – CRM 154.086 | Desenvolvido por Surya Marketing Médico.

Todos os direitos reservados © 2024
Atualizado em: 
16:02 | 11/04/2024
magnifiercross